Contratei serviços de marketing, mas ainda não há vendas, porquê?

Existem 2 motivos para uma empresa contratar serviços de marketing:

  1. a empresa está a crescer e já existe um departamento de marketing, mas precisa de mais elementos na sua equipa;
  2. a empresa está estagnada e precisa de soluções rápidas, para voltar a crescer.

Sendo este os principais motivos para a contratação de profissionais/serviços de marketing, existe sempre um entusiasmo elevado pelo gerente da empresa, de que este profissionais/ serviços de marketing irão ser a solução dos seus problemas, o que consequentemente se traduz em frustrações devido ao mau planeamento das funções e estratégias da empresa e à falta de condições concedidas a quem fica responsável por esse cargo.

“É preciso desmistificar, ainda mais no mundo das PMEs, que o marketing, por si só, não pode vender, não pode melhorar resultados do dia para a noite e não pode fazer um golpe de magia e solucionar problemas que, muitas vezes, são transversais a vários departamentos e à cultura empresarial há muito inveterada.” Jorge Andrês Correia

A empresa tem de conhecer as suas reais necessidades, em termos de serviços de marketing. Só assim será possível atingir as tão elevadas expectativas que nos são colocadas, como profissionais de marketing, mostrando que atingimos os objetivos inicialmente propostos.

As empresas antes de contratar profissionais/serviços de marketing tinham uma “espécie” de estratégia de “laissez-faire”, isto é, quando a secretária/administrativa/comercial tiver algum tempo livre acede às redes sociais e publica uns meros posts no Facebook, Instagram, Linkedin, Pinterest, Twitter e desta forma mostramos que estamos “vivos” a “sobreviver” à era digital.

Contudo com o passar do tempo chegaram a um ponto em que utilizar esse tempo livre para fazer uns post nas redes sociais, não estava a ter qualquer retorno, no investimento de tempo que se estavam a fazer e decidem então contratar profissionais/serviços de marketing, com a expectativa de que vão fazer milagres em poucas semanas.

Antes de contratar profissionais/serviços de marketing é necessário saber o que se quer melhorar e atingir, para se conseguir encontrar o caminho menos sinuoso e mais célere, indo ao encontro das expectativas de todas as partes.

A empresa depois precisa de realizar um planeamento individual de cada departamento, que seja transversal entre todas as áreas. A comunicação entre as várias áreas é fundamental, o marketing e as vendas têm de estar em sintonia na estratégia adotada pela empresa (porque marketing não são vendas), o design, a administração, a produção e tantos outros para que se saiba o que é preciso e quando é preciso, evitando dificuldades ou imprevistos que podem causar transtornos desnecessários.

Porquê apostar na contratação de profissionais/serviços de marketing?

“Se a empresa estiver numa fase negativa ou sem ideias, o reforço na área de marketing pode ser uma ajuda, mas nunca a única solução. Há que pensar como um todo e verificar quando se falhou e o que falhou, melhorando serviços, produtos ou fazendo alterações na forma de trabalhar e nas pessoas que trabalham.” Jorge Andrês Correia

Existem inúmeras situações que causam problemas numa empresa, e como tal, ninguém contrata quando tudo está bem, mas sim quando existem problemas, que necessitam de uma rápida resposta e solução, ex: conflitos com clientes em redes sociais (gestão de crise), apoio em campanhas multi-canais, análise do retorno dos emails marketing/newsletter, etc..

Nestas situações é fundamental dar a “liberdade” de atuação e as ferramentas necessárias aos profissionais de marketing, para que possam atuar perante a situação e minimizar os efeitos em termos de notoriedade e imagem de marca da empresa.

Nunca contrate só porque sim, porque todas as empresas têm alguém de marketing.

Contrate sim porque quer aumentar a notoriedade da sua empresa, quer melhorar as relações com os clientes, quer lançar novos produtos e serviços e precisa de estratégias de como atuar e posicionar os mesmos etc. Exija destes profissionais indicadores de como estão a correr as ações de marketing, para que possa entender o trajeto que a empresa está a seguir, até atingir o tão esperado aumento de vendas, pela parte comercial. Mas lembre-se sempre de todo o trabalho que foi realizado anteriormente pela equipa de marketing e os vários departamentos da empresa, para que naquela altura a equipa comercial esteja novamente a aumentar as suas vendas. Tudo teve de ser reorganizado e reestruturado para que a estratégia seja bem-sucedida.

  • Então lembre-se que não se pode esperar que algo mude instantaneamente só porque vamos ter alguém de marketing. Não se pode esperar fazer uma receita sem todos os ingredientes. Isso tornará mais difícil resolver os problemas atuais, desmotivar o novo colaborador devido à exigência e poder-se-á transformar num ciclo vicioso difícil de gerir.
  • Importante reter: Não existe um departamento de marketing digital e outro de marketing clássico. Quando se cria um departamento, tem forçosamente de existir um todo daquela área de atuação, que depois vai sendo tratada consoante a situação da empresa. Isto é, se a empresa tem capacidade de atuação na área digital iremos selecionar ferramentas digitais para fazer crescer a empresa, se a empresa tem clientes que lidam bem com ferramentas clássicas do marketing, como folhetos físicos presentes na loja, a empresa tem de continuar a utilizar estas ferramentas ou estará a perder clientes fieis, que sempre procuraram este tipo de meio/canal de informação. É fundamental o profissional de marketing ter a sensibilidade de atuar nas várias áreas do marketing, de acordo com os segmentos de público-alvo, com que a empresa lida.

“A administração e quem gere tem de perceber que o investimento leva tempo a ser recuperado e que o planeamento pode nem sempre ser cumprido à risca, devido a fatores exteriores, ou que terá de ser alterado no imediato, não sendo algo definido e fechado de início ao fim. Sem planeamento, bom senso e motivação, jamais se conseguirá conquistar o que quer que seja e criar as bases para um futuro brilhante.” Jorge Andrês Correia

Deixe-me ajudá-lo(a) a fazer crescer o seu negócio.

 

 

3 Vantagens de contratar um parceiro especializado em Marketing

1. É especialista – Tal como o nome indica, é especializado nesta área, pelo que sabe como as ferramentas funcionam, bem como pode atingir os seus objetivos, utilizando as mesmas.

2. Luta pelos mesmos objetivos que você: a venda – Ajuda-o(a) a transformar um potencial cliente (pessoa interessada num imóvel/propriedade) num cliente atual, através da concretização da venda.

Transformação de Leads em Oportunidades.

imagem

3. É criada uma relação de parceria – Ambos têm a ganhar com a venda. Se por um lado você quer vender a sua angariação, pelo outro o parceiro quer que os seus serviços de marketing, se mantenham ao longo do tempo. Só assim nesta sinergia é possível alcançar resultados constantes e duradouros. 

Contacte-me já!

Sabia que as Redes Sociais Online são uma porta de comunicação

Sabia que as Redes Sociais Online são uma porta de comunicação, com o seu público, que alavanca as suas vendas?

Tenho-me deparado com vários empresários, que me contactam para que lhes faça a gestão das redes sociais das suas empresas, pensando que por milagre vão começar a vender mais do dia para a noite.

Pois bem, este artigo serve para explicar o quão importante é estar presente, com a sua empresa nas redes sociais, mas também para lhe explicar que estar presente sem estar activo não tem qualquer efeito na sua empresa.

As redes sociais tal como o título indica, são uma porta, um meio de comunicação que a empresa tem ao dispor para comunicar com os seus atuais e potenciais clientes, são no fundo um ponto de promoção e esclarecimento de dúvidas (pré e pós-venda), mas a venda em si ainda é e será maioritariamente, no ponto de venda físico do cliente.

Claro que este facto para o profissional de marketing que lhe gere as redes sociais, não lhe irá dar a possibilidade de medir quantas das pessoas, que leram as suas publicações foram de facto à loja comprar o produto/serviço, mas para a equipa que está na loja física a receber os clientes, o aumento de clientela vai começar a ser notório. E esses clientes quando chegam à loja estarão mais informados e decididos a comprar o seu produto/serviço, porque todo o caminho de pesquisa e informação já foi previamente realizado através do seu site, das suas redes sociais e da troca de informação com os seus familiares e amigos.

Já pensou bem porque é que a Amazon, decidiu abrir a 1ª loja física, em que os clientes apenas têm de chegar à mesma e pegar nos produtos e sair porta fora?

Já pensou que se calhar a Amazon percebeu que de facto é importante o cliente ter o contacto físico com o produto/serviço e que embora seja pioneira nas vendas online, sentiu necessidade de criar espaços físicos, para facilitar a compra dos seus clientes.

Do meu ponto de vista a Amazon percebeu que de facto o cliente está extremamente informado de qual produto/serviço necessita, pois investigou o comportamento de compra do cliente online e concluiu que no processo de compra, as primeiras fases eram feitas online (descoberta, informação) e a fase de compra preferencialmente feita fisicamente, podendo o cliente naquele micro-momento que decide comprar o produto/serviço levá-lo logo consigo para casa.

Todos sabemos que o entusiasmo que temos por comprar um produto/serviço é alimentado de tal forma, pelas redes sociais e pelos sites de quem os vende, que quando encomendamos algo online, estamos ansiosos que chegue para usufruirmos dele e partilharmos com os nossos amigos e familiares essa experiência.

Desta forma, através da compra física a Amazon possibilita a compra imediata (cada vez mais presente nos tempos que decorrem, de consumismo extremo) e ao mesmo tempo reduziu custos com comerciais presentes em loja, para persuadir os clientes a comprar, pois o cliente quando entra nas suas lojas já sabe perfeitamente qual é o produto/serviço que necessita, qual é o modelo, bem como todas as características que lhe estão associadas, sendo necessário apenas pegar no produto e pagar.

Desta forma está na altura de dar a devida importância, à gestão profissional das suas redes sociais e do seu site, pois eles são a alavanca que irá gerar mais vendas na sua loja física, se forem alimentados de forma estratégica e profissional, através do marketing de conteúdo.

 

Deixe-me ajudá-lo(a) a fazer crescer o seu negócio.

 

Tenho 2 códigos promocionais para o plano G Suite Business

Tenho 2 códigos promocionais para quem necessitar do plano G Suite Business, que inclui todas as ferramentas do plano G Suite Basic e ainda funcionalidades avançadas que podem ser úteis para a sua rede:

 Armazenamento ilimitado para ficheiros e emails
 Maior supervisão e controlo de dados empresariais importantes
 Capacidade de pesquisar em todas as contas de utilizadores

Inscreva-se aqui: https://goo.gl/dZ5kl2 e peça-me 1 código grátis, em troca apenas lhe peço o seu email, para que lhe possa enviar futuras promoções.

g suite

plano de marketing para 2018

Já começou a planear o seu ano 2018? O seu Plano de Marketing já está a ser esboçado?

Tal como fazemos à meia-noite do dia 31 de Dezembro, quando comemos as 12 passas e desejamos que o ano novo seja cheio de amor, paz e sucesso, também devemos logo no início do ano começar a definir os objetivos, que vamos querer atingir ao longo do ano que se está a iniciar.

Sabemos que não é fácil crescer x% ou lançar x novos produtos/serviços, mas se as estratégias forem bem estudadas e delineadas, com antecedência necessária, tudo fica mais claro de qual o caminho devemos percorrer, para atingir esses mesmos objetivos.

Como é que isso se faz?

É simples, planeie e defina o orçamento que irá aplicar no marketing da sua empresa. Escolha estratégias de marketing, que vão ao encontro do seu posicionamento. Alargue horizontes a novos mercados, fidelize os clientes atuais e deixe uma % de esforços, para a angariação de novos clientes.

Sabia que segundo Philip Kotler: “Conquistar um novo cliente custa 5 a 7 vezes mais do que manter um antigo” e a prova disso está na dificuldade que temos, em começar a angariar novos clientes através das vendas pelo website, quando apenas temos o site online e nunca definimos uma estratégia de atuação do mesmo, seja ela de criação de conteúdo relevante para o nosso público-alvo, seja ela de promoção do mesmo, junto dos motores de busca (Google Adwords) e das redes sociais (Facebook, Instagram, etc.).

Deste modo, devemos apostar nas campanhas sempre que possível para angariar novos clientes, mas devemos também apostar nos clientes atuais e tentar fidelizar os mesmos, dando-lhes informações relevantes sobre a empresa, os produtos e serviços e oferecendo-lhes promoções/descontos exclusivos, para que eles se sintam únicos e agradecidos por fazer parte da nossa rede de clientes.

Se acha que 2018 é o ano de viragem da sua empresa. Se sente que precisa de apostar no marketing digital e não sabe por onde começar, eu posso ajudá-lo(a).

Juntos fazemos um diagnóstico da situação atual da sua empresa e definimos quais os seguintes passos de atuação.

Podemos começar por um plano de marketing básico, por apenas 490€ terá acesso a:
  • ANÁLISE SWOT
  • DEFINIÇÃO DE ESTRATÉGIAS DE MARKETING DIGITAL (Website, redes sociais, SEO, SMM, Email marketing, SMS Marketing, software multicanal, etc.)
  • DEFINIÇÃO DO BUDGET (Vários cenários para diferentes budgets disponíveis)

Qualquer dúvida não hesite em contactar-me, sem qualquer compromisso. Tem interesse neste plano e quer marcar uma reunião para esclarecimentos adicionais?

Deixe-me o seu contacto para agendarmos a mesma ou discutirmos já as suas dúvidas:

Desejo-lhe um feliz natal

Já enviou os seus emails a desejar um Feliz Natal e um Bom Ano Novo?

Nesta época somos atingidos por um comportamento de consumo excessivo, embebidos pelo espírito natalício. Mas sabia que também é a época do ano, em que se realizam mais campanhas de solidariedade social, com mais sucesso?

bolas de natal

 

Diferentes tipos de marketing estão bem presentes nesta época do ano:
  • o marketing infantil,
  • o marketing digital
  • ou o marketing directo estão presentes na época Natalícia, mas é o marketing social o que revela uma maior importância, devolvendo ao Natal o amor, a paz, a entreajuda e a partilha que tanto o caracteriza.

 

Se precisar de ajuda para enviar a sua mensagem de natal, eu posso ajudá-lo(a).

Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte Final

  1. Publique nos melhores horários do seu restaurante

Se já fez publicações anteriormente, analise o tráfego atual das suas lojas para entender quando alcança mais clientes, e posteriormente fazer publicações nesses horários. Se ainda não fez qualquer publicação tem de ir testando vários horários e dias da semana, até atingir o melhor dia e hora.

Por exemplo publique 1 a 2horas antes de começar a servir as suas refeições: almoço e jantar, para apelar indiretamente à reserva de mesa ou ao serviço de take-away. No caso dos bares publique 1 a 2h antes de abrir, apelando à visita física, como sendo uma noite especial, ex: oferta de bebida, música ao vivo, workshop, etc. e publique depois durante a noite mostrando, a quem ainda não se encontra no local, o que estão a perder.

Outro tipo de publicações simples e objetivas podem complementar as restantes horas do dia/noite através de fotografias e vídeos sobre o vosso espaço interior e exterior, a vossa equipa nos preparativos de mais um dia/noite, os vossos alimentos acabados de chegar, transmitindo frescura e qualidade ao cliente.

O mais importante é conseguir atingir os seus seguidores na altura certa, antes do almoço/jantar, antes da abertura de portas, para que quando abrirem os mesmos se encontrem à vossa porta, ansiosos por experimentar as vossas especialidades.

Qual é a vantagem de publicar uma foto/vídeo de um almoço/jantar delicioso, se os seus clientes apenas a veem horas depois, da hora da refeição? refeição com várias especialidades

 

  1. Aproveite a publicidade com base na localização do seu restaurante/bar

A publicidade baseada na localização permite que controle quando as pessoas veem os seus anúncios, muitas vezes dentro de determinado raio de quilómetros. No Facebook, é possível direcionar a partir de locais específicos da empresa, por exemplo, quando um cliente se encontra num local e estiver a pesquisar restaurante/bares no Facebook, irá receber um anúncio com a sugestão do seu restaurante/bar.

esplanada de bar/restaurante

 

  1. Impulsione a sua página do restaurante/bar, nas redes sociais

Considere uma destas estratégias de marketing, para impulsionar a sua página nas redes sociais:

  • Convide um chefe ou barman para uma parceria semanal ou mensal

Imagine que todas as semanas ou uma vez por mês, tem no seu restaurante/bar a presença de um ícone da gastronomia ou um especialista em “Cocktails”. Esta parceria será uma ótima referência, para que visitem o seu espaço. Estas parcerias funcionam muito bem, porque as pessoas são atraídas pelo convidado e acabam por conhecer o espaço, abrindo-se a oportunidade de voltarem a visitar-vos.

  • Produza conteúdo ao vivo

Através de vídeos em tempo real, transmita as suas festas e eventos em direto e fale sobre os novos produtos/serviços e promoções, apelando à visita do seu espaço. Através de uma visita guiada, aproveite para mostrar um pouco mais do seu restaurante/bar. Utilize perguntas e respostas ao vivo, realizadas ao chefe ou ao barman de serviço, criando interesse no público que está a visualizar o vídeo. Por exemplo, peça-lhes dicas de como preparar uma refeição rápida ou um simples cocktail em casa, desta forma irá dar uma informação importante, que ajudará a seguirem a sua página e a visitarem-nos em breve.

 

  • Crie espaços únicos e partilháveis nas redes sociais

Mostre aos seus seguidores os pormenores exclusivos do seu espaço, foque-se nos detalhes diferenciadores do seu restaurante/bar. Deste modo, estará a promover a singularidade do seu espaço, criando nos seus clientes a vontade de o visitarem, para provarem as suas especialidades, bem como partilharem nas redes sociais a sua presença no seu espaço, como se de um culto se tratasse essa mesma visita.

 

  1. Analise sua estratégia

Todo o esforço de criação de conteúdo, acompanhamento dos seus seguidores e respostas a criticas/avaliações significa muito pouco, se não analisar os respectivos dados recolhidos.

O setor da alimentação e bebidas tem uma vantagem enorme, em estar presente nas redes sociais. Uma fatia de pizza com o queijo derretido no ponto perfeito ou um pão fresco acabado de fatiar, causa uma vontade enorme de experimentar o seu produto, pelo que de que está à espera para aplicar todas as dicas que lhe referi anteriormente, para começar já a ter sucesso nas redes sociais?

Espero que este artigo o(a) tenha ajudado, quanto à importância de estar presente nas redes sociais, mais concretamente no Facebook. Sugiro-lhe que me passe a seguir no Facebook para estar a par de todas as dicas que tenho para si e partilhe nas redes sociais este artigo, se achou interessante.

Obrigada.

Dina Ferreira Consultora de Marketing

Dina Ferreira – Consultora de Marketing para Pequenas e Médias Empresas

Dicas gratuitas - Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte 2

Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte 2

  1. Defina várias localizações no Facebook

Se possuir vários restaurantes/bares, pertencentes ao mesmo grupo, o Facebook permite a introdução de todos os endereços. É um pouco complicado de configurar as várias localizações, mas a vantagem é que os locais mais próximos aparecerão para os clientes, que se encontrarem nos arredores do mesmo. E além disso é também possível criar anúncios, com base na localização presente no Facebook.

Veja o exemplo da página do Revelator Coffee Company:

Cada localização pode ter sua própria subpágina ligada à página principal como este exemplo de localização em Birmingham. Cada localização pode ainda gerir as suas próprias publicações, mas essa decisão passará pela estratégia de marketing, que escolherá para as suas redes sociais.

Cada localização pode ter sua própria subpágina ligada à página principal

Algumas vantagens:

  • Através da página principal pode realizar publicações, nas suas páginas de localizações diferentes. Desta forma, estará a poupar tempo e recursos com os conteúdos que deseja comunicar, transmitindo uma mensagem com coerência em todas as localizações.
  • No caso do seu grupo de restaurantes/bares apresentar algumas especialidades distintas em cada localização, torna-se muito mais fácil promover essas mesmas especialidades, através da página local de cada restaurante/bar.
  • O mesmo se passa com as críticas, que são possíveis de fazer em cada página. Imagine que num dia de muito movimento o seu restaurante/bar mais central da cidade, teve um serviço um pouco mais demorado, e recebeu uma crítica relativamente a essa situação. Ao ter várias páginas, com várias localizações distintas é lhe muito mais fácil detetar esse mesmo problema e responder ao cliente, explicando o motivo do sucedido, tentando esclarecer a situação perante os restantes clientes, que avaliaram positivamente o seu espaço.

 

Algumas desvantagens:

  •  É necessário criar uma estratégia de marketing coerente, para a gestão de todas as páginas pertencentes ao grupo, para que a mensagem seja bem transmitida.
  • Evite ter vários gestores por cada página. Deverá escolher apenas um gestor de conteúdos, para todas as páginas, bem como um sistema que permita replicar as publicações, nas páginas.


  1. Crie publicações relevantes

Publicações envolventes versus promocionais

Não crie publicações promocionais de marketing direto, sem complementar com conteúdo relevante: fotografias e vídeos atraentes, com uma história envolvente. A grande maioria das publicações promocionais referem-se a descontos e produtos, e atingem uma grande variedade de públicos, que poderão ainda não estar preparados para comprar, afastando-os dessa mesma decisão, porque ainda não descobriram essa necessidade.

Em vez de ser tão direto(a) a mostrar a sua oferta, experimente contar uma história acerca do seu produto, as suas mais-valias e deixe o apelo à compra para mais tarde, quando o cliente já tiver mais informação acerca do mesmo. Ao escolher as melhores fotos ou vídeos do seu produto, poderão fazer com que os seus clientes se imaginem a utilizá-los/consumi-los.

Imagine que as redes sociais são uma sala, onde está a haver uma festa. Como é que irá começar uma interação, com estas pessoas que lhe são estranhas?

Deixo-lhe algumas dicas de como poderá começar uma conversa, com o seu potencial cliente:

  1. Faça perguntas aos seus potenciais clientes.
  2. Peça-lhes a opinião sobre os seus novos produtos/serviços (obterá um feedback importantíssimo que o/a orientará nos próximos passos).
  3. Utilize conteúdos criados pelos seus seguidores/clientes na sua estratégia. Ex: uma fotografia/vídeo realizada por um visitante no seu espaço, partilhe-a e comente, agradeça pela recomendação.

 

Espero que este artigo o(a) tenha ajudado, quanto à importância de estar presente nas redes sociais, mais concretamente no Facebook. Sugiro-lhe que me passe a seguir no Facebook para estar a par de todas as dicas que tenho para si e partilhe nas redes sociais este artigo, se achou interessante.

Obrigada.

Dina Ferreira Consultora de Marketing

Dina Ferreira – Consultora de Marketing para Pequenas e Médias Empresas

Próximo artigo sai dia 22/11 às 14h: Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte Final

restaurante

Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte 1

Sabia que cerca de 88% das pessoas são influenciadas pelas opiniões e comentários que existem online? Apresentar uma estratégia digital é importantíssimo, para o seu restaurante ou bar.

 

  1. Acha que pode não estar nas redes sociais?

Sabia que mais de 75% das pessoas que compram produtos, primeiro visitam as redes sociais, para pesquisar sobre esse produto? Dessas 75% cerca de 60,7% pessoas precisam ver pelo menos uma publicação da empresa, 2 a 4 vezes antes de fazer uma compra.

Se não estivermos ativos nas redes sociais, estamos a perder inúmeras oportunidades de alargar a nossa base de clientes, e consequentemente aumentar as nossas vendas.

 Pratos de refeição

  1. Deve completar ao máximo, os seus perfis das redes sociais

Informações tais como: localização, horário e contacto são fundamentais, para que possa começar a ter um bom retorno através das redes sociais. Pois imagine que o cliente fica interessado em visitá-lo, estas informações são essenciais, para que o consiga efetivamente fazer. Se tiver várias localizações também deve informá-las através das redes sociais, pois deixará ao critério do cliente a sua visita, na localização mais próxima do mesmo.

Se tiver um logótipo oficial, este deverá aparecer na fotografia de perfil, para que o mesmo seja facilmente identificado, pelos clientes atuais e potenciais.

As fotos de capa devem conter uma fotografia ou vídeo, que ilustre facilmente a especialidade do seu restaurante/bar. Desta forma, já está a comunicar ao cliente uma das suas mais-valias em visitá-lo.

Algumas páginas de Facebook já permitem colocar, os horários de maior movimento do seu bar/restaurante. Deste modo, permite que escolham o horário que melhor se enquadra com o ambiente que querem encontrar (muito ou pouco movimento).

No caso dos bares facilmente prevemos que as pessoas irão visitar o mesmo, nas horas de maior movimento para encontrar amigos e colegas.

Já no caso dos restaurantes, para não terem de aguardar pelo serviço que poderá estar mais demorado, nas horas de maior movimento, claramente as pessoas que não têm tempo ou paciência para esperar, optarão por visitá-los nas horas de menor movimento.

publicação de restaurante

Existem muitas outras opções disponíveis nas páginas do Facebook que devem ser claramente aproveitadas, por exemplo:

  1. Deverão adicionar um botão Reserve agora, caso aceitem reservas.
  2. Publicar o vosso menu diariamente, com criatividade e originalidade.
  3. Incluir o tipo de gastronomia, que caracteriza o vosso restaurante.
  4. Adicionar serviços que caracterizem o vosso espaço, tais como: “Ótimo para crianças” “Ótimo para grupos” e “Refeição rápida”.
  5. Permitir avaliações/críticas e nunca se esquecer de respondê-las, quer sejam positivas quer negativas, convidando o cliente para uma nova visita, para que possam ter uma oportunidade de alterar essa má experiência, por exemplo.

Se precisar de ajuda com a sua página de Facebook, contacte-me já, começamos já hoje a fazer as suas melhorias.

Espero que este artigo o(a) tenha ajudado, quanto à importância de estar presente nas redes sociais, mais concretamente no Facebook. Sugiro-lhe que me passe a seguir no Facebook para estar a par de todas as dicas que tenho para si e partilhe nas redes sociais este artigo, se achou interessante.

Obrigada.

Dina Ferreira Consultora de Marketing

Dina Ferreira – Consultora de Marketing para Pequenas e Médias Empresas

Próximo artigo sai dia 15/11 às 13h: Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte 2

8 Dicas de marketing para aplicar já hoje, no meu restaurante

8 Dicas de marketing para aplicar já hoje, no meu restaurante

1. Devo utilizar as diferenças do meu restaurante, na divulgação do mesmo (decoração, público-alvo, gastronomia de nicho: alimentos biológicos, vegan, sem glúten, sem lactose, etc.)

  • Para conseguir este diferencial é necessário que identifique, quais os pontos-chave que o seu restaurante apresenta, face aos da concorrência.
  • Não escolha características genéricas, tais como: “atendimento cuidado”, “qualidade dos pratos confecionados”, pois essas características são as obrigações, que o seu restaurante tem para com o cliente.
  • Deverá escolher características, que identifiquem o seu restaurante facilmente como um local único, onde a experiência é distinta dos demais restaurantes.

 

2. Os detalhes do meu restaurante devem fazer a diferença

  • Deve ter uma lista de aspetos referentes ao seu restaurante, tais como: os produtos, os serviços, os preços, o merchandising, as instalações e os equipamentos, que deverão estar sempre organizados e corretamente interligados entre si. Só assim poderá aproveitar todas as oportunidades de marketing, que o seu restaurante lhe apresenta, para divulgar a sua marca.
  • Os detalhes fazem a diferença no seu negócio, não se esqueça disso.

detalhes do restaurante

3. Os meus funcionários têm de ser embaixadores da minha marca

  • Quando criou a sua equipa de trabalho, escolheu-a de acordo com a cultura e missão do seu restaurante.
  • Desta forma deverá ao longo do tempo reunir com os seus funcionários, para que os mesmos recordem a visão da empresa e a representem de acordo com a mensagem que quer passar.
  • Os seus funcionários têm o primeiro contacto com o cliente e vão transmitir as primeiras impressões, de como vai ser a experiência no seu restaurante.
  • Desta forma é fundamental, que eles conheçam o seu restaurante tão bem quanto você, para que possam conquistar e fidelizar os seus clientes.

4. Cada cliente faz parte do meu restaurante

  • Deverá tratar cada cliente como único e personalizar cada contacto com o mesmo, pois é uma ótima maneira tentar fidelizá-los.
  • Isto é, deverá cativar os seus clientes, aproximando-se deles de forma educada e não invasiva, bem como relembrar-se de clientes recorrentes, dando aos mesmos uma atenção ainda mais especial.

5. Devo oferecer algo simbólico sempre que possível

  • Seja um digestivo (ex: um copo de espumante, um licor da casa, etc.) ou um simples chocolate junto com a conta da refeição, esta ação vai ser recebida com bastante agrado pelo cliente, que se irá sentir ainda mais especial pela atenção.
  • Esta simples ação para com o cliente tem probabilidade de gerar o passa-palavra e a recomendação do seu espaço, a familiares e amigos – Publicidade “gratuita” com retorno do seu pequeno investimento (cálice de licor etc.)

6. Devo utilizar os meus produtos e acessórios, como meios de comunicação e publicidade do meu restaurante

  • Deverá aproveitar os seus menus, guardanapos, individuais de mesa, embalagens de produtos diferentes (ex: garrafas de água com embalagens diferentes, que chamem a atenção deverão ser colocadas em todas as mesas).
  • Bem como todos os veículos do seu restaurante deverão ser identificados como pertencentes ao seu negócio, pois é uma forma de ter publicidade durante 24h.

publicidade dentro do restaurante

7. As novidades do meu restaurante devem ser sempre divulgadas

  • As mudanças que for realizando no seu restaurante, ao nível do menu, da decoração/disposição do seu espaço, dos preços, bem como dos novos serviços, devem ser comunicadas aos seus clientes.
  • Os seus funcionários no primeiro contacto com os clientes podem informá-los das novidades, com facilidade e educação.
  • Avisos nos menus ou dentro do próprio restaurante, também funcionam muito bem.

menu de parede de restaurante

8. Devo festejar com a minha equipa, sempre que se atinja um objetivo

  • Reconhecer que a sua equipa é fundamental para o sucesso do seu restaurante, faz com que os seus funcionários representem o seu restaurante, como se fosse deles e se encontrem motivados com as suas funções.
  • Desta forma, sempre que um objetivo seja cumprido (ex: batizado, jantares de grupo, evento de gastronomia, aniversário da empresa ou funcionário etc.) é razão mais que suficiente, para comemorar e unir cada vez mais a sua equipa.
“Valorize os seus funcionários, para que eles o valorizem a si e ao seu negócio.”

Espero que estas 8 dicas, de como aproveitar o marketing para promover o seu restaurante, o(a) possam ajudar a crescer. Sugiro-lhe que me passe a seguir no Facebook e por este blog, para estar a par de todas as dicas que tenho para si e partilhe nas redes sociais este artigo, se achou interessante.

Obrigada.

Dina Ferreira Consultora de Marketing

Dina Ferreira – Consultora de Marketing para Pequenas e Médias Empresas

Próximo artigo sai dia 08/11 às 12h: Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte 1