florista online

Porque há floristas a fechar e outras a crescer em plena Primavera?

Este é um exemplo simples da adaptação ao mundo digital. Ser uma empresa nos dias atuais, não basta apenas ter qualidade na prestação dos serviços e produtos. É necessária uma constante adaptação aos cenários digitais.

Se vemos floristas a fechar as portas e a apontar como principais motivos, a perda do interesse dos clientes por estes produtos. Vemos noutras perspetivas floristas a crescer e a aumentar a sua quota de mercado, pois decidiram adaptar-se às exigências do cliente atual (cliente mais digital, online), através da criação de sites de ecommerce, com a oferta da entrega no local que o cliente desejar (casa, trabalho, café, biblioteca, rua etc.).

Para crescermos no mercado atual temos de estar atentos às tendências do mesmo e evoluirmos a um ritmo acelerado. Independentemente da empresa que tenhamos é importante estar um passo mais à frente da sua concorrência e entender como ela se está a adaptar aos novos cenários. Todos os dias há novos desafios a enfrentar.

Arte floral

Se antes uma florista bastava ter jeito e gosto pela arte floral, atualmente essas qualidades já não são suficientes.

  • É necessário ter uma pessoa responsável por fazer chegar a sua empresa aos novos perfis de clientes (online).
  • Não devemos descurar o nicho de mercado de clientes atuais, com uma faixa etária mais elevada e que gosta de ver e escolher o produto na sua loja.
  • Mas temos de nos adaptar ao cliente digital, que pretende poupar tempo na deslocação até à florista, tempo na escolha das flores sem saber bem qual será o resultado final do ramo/arranjo, tempo de espera pela preparação do arranjo e de seguida ir entregar ao destinatário.

Se verificarmos o que se está a passar no mercado, podemos observar que existem floristas completamente online voltadas para o digital. Floristas que mostram as suas opções de produtos e o cliente só tem de escolher o ramo, a mensagem a enviar, a morada e nome do destinatário e a entrega é realizada dentro do horário escolhido pelo cliente gratuitamente.

Serviços como este são uma mais-valia para os novos perfis de clientes, que procuram poupar tempo e dinheiro com a deslocação, a espera pela preparação do ramo e ir de seguida realizar a entrega.

cesta de flores

Este simples serviço online é facilmente observável se começar a olhar um pouco à sua volta, deixando de estar tão focado no motivo “incógnito”, das suas vendas estarem a diminuir. Por vezes as respostas estão mesmo à frente dos nossos olhos, apenas temos de parar, observar e tomar uma atitude de mudança.

  • Peça ajuda a quem o pode ajudar!
  • Crie o seu portfólio online com as fotografias dos produtos que pode criar, não tenha medo de colocar os seus preços, mesmo que superiores que a concorrência é a sua estratégia e posicionamento que importam.
  • Sublinhe que tem serviço de entrega gratuitamente, na sua localização num raio de x km.
  • Mostre ao novo cliente online, como pode fazer uma surpresa a quem mais ama, sem sair de onde está.

Tal como encomenda uma pizza, o cliente pode estar em casa a preparar essa surpresa e em pouco tempo terá o “ramo” a tocar à campainha, proporcionando uma surpresa incrível a quem mais ama.

As reações são fantásticas! Evolua e faça o seu negócio voltar a crescer.

Consultoria de marketing, o que é?

São imensas as empresas, que têm variadas dúvidas sobre quais as estratégias de marketing que devem adotar e não sabem o que fazer, nem como resolvê-las.

Nessa altura deverão pesquisar e encontrar o melhor consultor/a, que apresente um perfil profissional e experiência comprovada na área. De seguida contactá-lo/a para uma ou várias sessões de consultoria.

O próximo passo sabemos que nem sempre é fácil, pois terá de abrir as portas da sua empresa, para alguém estranho. Mas pense no lado positivo, será alguém que o vai ajudar a solucionar os seus problemas e a esclarecer as suas dúvidas. Alguém que lhe dará caminhos possíveis a seguir e que o ajudará a analisar a sua empresa e mercado.

A consultoria de marketing, também denominada muitas vezes por outros nomes: reunião de planeamento estratégico, reunião de gestão de marketing, apuramento das técnicas de marketing, gestão estratégica da empresa etc. é fundamental para a definição dos seus objetivos de marketing, para a melhoria de processos internos e externos da empresa, entre outros aspetos.

Com a ajuda de um consultor/a especializado/a fica mais fácil definir certos aspetos fundamentais ao seu negócio, tais como uma simples análise swot (pontos fortes e fracos, ameaças e oportunidades).

Quem analisa a sua empresa de fora, consegue ver aspetos positivos e negativos, que alguém internamente não vê devido à ligação emocional que tem com a mesma. Por vezes uma análise que parece mais complicada à equipa interna é facilmente realizada pela equipa externa e vice-versa.

O foco das sessões de consultoria servem para que a informação estratégica que é apurada interna e externamente, leve à tomada de decisões mais coerentes e corretas a médio e longo prazo, pelos tomadores de decisão.

Muitas das sessões de consultoria ajudam também na criação do plano de marketing, que consequentemente leva à definição de todas as variáveis do marketing mix, tais como: o preço, o produto, a comunicação e a distribuição.

Relativamente ao relacionamento com os seus clientes, por vezes sente dificuldades em transferir o mesmo do meio “offline” para o meio “online”, não é?

Uma das muitas dificuldades, que as empresas de consultoria de marketing ajudam a ultrapassar é através do aconselhamento estratégico relacional e comunicacional.

Sabemos que o marketing digital para empresas tem sido um bicho-de-sete-cabeças para muitas. São muitas as redes sociais online onde a sua empresa pode estar presente, são muitos os emails marketing que podem ser enviados, mas é preciso saber atualizar e segmentar a base de dados e são muitas as campanhas no Google Adwords e/ou Faceboos Ads que podem ser criadas, mas para quê?

Qual é o real objetivo de todas estas ferramentas de marketing digital?

A resposta a estas e muitas outras questões é da missão dos consultores de marketing. Pois as sessões de consultoria servem para ajudar as empresas, a ultrapassar as suas dificuldades e a superar os novos desafios, com o objetivo de atingir novamente o caminho que leva ao sucesso e ao crescimento da sua empresa.

E lembre-se: “Nenhuma empresa é melhor do que o seu administrador permite.”

Peter Drucker

Se surgiu alguma dúvida ao longo da leitura deste artigo, envie-me agora uma mensagem. Terei todo o gosto de poder ajudar, a esclarecer a sua questão.

Sabia que as Redes Sociais Online são uma porta de comunicação

Sabia que as Redes Sociais Online são uma porta de comunicação, com o seu público, que alavanca as suas vendas?

Tenho-me deparado com vários empresários, que me contactam para que lhes faça a gestão das redes sociais das suas empresas, pensando que por milagre vão começar a vender mais do dia para a noite.

Pois bem, este artigo serve para explicar o quão importante é estar presente, com a sua empresa nas redes sociais, mas também para lhe explicar que estar presente sem estar activo não tem qualquer efeito na sua empresa.

As redes sociais tal como o título indica, são uma porta, um meio de comunicação que a empresa tem ao dispor para comunicar com os seus atuais e potenciais clientes, são no fundo um ponto de promoção e esclarecimento de dúvidas (pré e pós-venda), mas a venda em si ainda é e será maioritariamente, no ponto de venda físico do cliente.

Claro que este facto para o profissional de marketing que lhe gere as redes sociais, não lhe irá dar a possibilidade de medir quantas das pessoas, que leram as suas publicações foram de facto à loja comprar o produto/serviço, mas para a equipa que está na loja física a receber os clientes, o aumento de clientela vai começar a ser notório. E esses clientes quando chegam à loja estarão mais informados e decididos a comprar o seu produto/serviço, porque todo o caminho de pesquisa e informação já foi previamente realizado através do seu site, das suas redes sociais e da troca de informação com os seus familiares e amigos.

Já pensou bem porque é que a Amazon, decidiu abrir a 1ª loja física, em que os clientes apenas têm de chegar à mesma e pegar nos produtos e sair porta fora?

Já pensou que se calhar a Amazon percebeu que de facto é importante o cliente ter o contacto físico com o produto/serviço e que embora seja pioneira nas vendas online, sentiu necessidade de criar espaços físicos, para facilitar a compra dos seus clientes.

Do meu ponto de vista a Amazon percebeu que de facto o cliente está extremamente informado de qual produto/serviço necessita, pois investigou o comportamento de compra do cliente online e concluiu que no processo de compra, as primeiras fases eram feitas online (descoberta, informação) e a fase de compra preferencialmente feita fisicamente, podendo o cliente naquele micro-momento que decide comprar o produto/serviço levá-lo logo consigo para casa.

Todos sabemos que o entusiasmo que temos por comprar um produto/serviço é alimentado de tal forma, pelas redes sociais e pelos sites de quem os vende, que quando encomendamos algo online, estamos ansiosos que chegue para usufruirmos dele e partilharmos com os nossos amigos e familiares essa experiência.

Desta forma, através da compra física a Amazon possibilita a compra imediata (cada vez mais presente nos tempos que decorrem, de consumismo extremo) e ao mesmo tempo reduziu custos com comerciais presentes em loja, para persuadir os clientes a comprar, pois o cliente quando entra nas suas lojas já sabe perfeitamente qual é o produto/serviço que necessita, qual é o modelo, bem como todas as características que lhe estão associadas, sendo necessário apenas pegar no produto e pagar.

Desta forma está na altura de dar a devida importância, à gestão profissional das suas redes sociais e do seu site, pois eles são a alavanca que irá gerar mais vendas na sua loja física, se forem alimentados de forma estratégica e profissional, através do marketing de conteúdo.

 

Deixe-me ajudá-lo(a) a fazer crescer o seu negócio.

 

plano de marketing para 2018

Já começou a planear o seu ano 2018? O seu Plano de Marketing já está a ser esboçado?

Tal como fazemos à meia-noite do dia 31 de Dezembro, quando comemos as 12 passas e desejamos que o ano novo seja cheio de amor, paz e sucesso, também devemos logo no início do ano começar a definir os objetivos, que vamos querer atingir ao longo do ano que se está a iniciar.

Sabemos que não é fácil crescer x% ou lançar x novos produtos/serviços, mas se as estratégias forem bem estudadas e delineadas, com antecedência necessária, tudo fica mais claro de qual o caminho devemos percorrer, para atingir esses mesmos objetivos.

Como é que isso se faz?

É simples, planeie e defina o orçamento que irá aplicar no marketing da sua empresa. Escolha estratégias de marketing, que vão ao encontro do seu posicionamento. Alargue horizontes a novos mercados, fidelize os clientes atuais e deixe uma % de esforços, para a angariação de novos clientes.

Sabia que segundo Philip Kotler: “Conquistar um novo cliente custa 5 a 7 vezes mais do que manter um antigo” e a prova disso está na dificuldade que temos, em começar a angariar novos clientes através das vendas pelo website, quando apenas temos o site online e nunca definimos uma estratégia de atuação do mesmo, seja ela de criação de conteúdo relevante para o nosso público-alvo, seja ela de promoção do mesmo, junto dos motores de busca (Google Adwords) e das redes sociais (Facebook, Instagram, etc.).

Deste modo, devemos apostar nas campanhas sempre que possível para angariar novos clientes, mas devemos também apostar nos clientes atuais e tentar fidelizar os mesmos, dando-lhes informações relevantes sobre a empresa, os produtos e serviços e oferecendo-lhes promoções/descontos exclusivos, para que eles se sintam únicos e agradecidos por fazer parte da nossa rede de clientes.

Se acha que 2018 é o ano de viragem da sua empresa. Se sente que precisa de apostar no marketing digital e não sabe por onde começar, eu posso ajudá-lo(a).

Juntos fazemos um diagnóstico da situação atual da sua empresa e definimos quais os seguintes passos de atuação.

Podemos começar por um plano de marketing básico, por apenas 490€ terá acesso a:
  • ANÁLISE SWOT
  • DEFINIÇÃO DE ESTRATÉGIAS DE MARKETING DIGITAL (Website, redes sociais, SEO, SMM, Email marketing, SMS Marketing, software multicanal, etc.)
  • DEFINIÇÃO DO BUDGET (Vários cenários para diferentes budgets disponíveis)

Qualquer dúvida não hesite em contactar-me, sem qualquer compromisso. Tem interesse neste plano e quer marcar uma reunião para esclarecimentos adicionais?

Deixe-me o seu contacto para agendarmos a mesma ou discutirmos já as suas dúvidas:

8 Dicas de marketing para aplicar já hoje, no meu restaurante

8 Dicas de marketing para aplicar já hoje, no meu restaurante

1. Devo utilizar as diferenças do meu restaurante, na divulgação do mesmo (decoração, público-alvo, gastronomia de nicho: alimentos biológicos, vegan, sem glúten, sem lactose, etc.)

  • Para conseguir este diferencial é necessário que identifique, quais os pontos-chave que o seu restaurante apresenta, face aos da concorrência.
  • Não escolha características genéricas, tais como: “atendimento cuidado”, “qualidade dos pratos confecionados”, pois essas características são as obrigações, que o seu restaurante tem para com o cliente.
  • Deverá escolher características, que identifiquem o seu restaurante facilmente como um local único, onde a experiência é distinta dos demais restaurantes.

 

2. Os detalhes do meu restaurante devem fazer a diferença

  • Deve ter uma lista de aspetos referentes ao seu restaurante, tais como: os produtos, os serviços, os preços, o merchandising, as instalações e os equipamentos, que deverão estar sempre organizados e corretamente interligados entre si. Só assim poderá aproveitar todas as oportunidades de marketing, que o seu restaurante lhe apresenta, para divulgar a sua marca.
  • Os detalhes fazem a diferença no seu negócio, não se esqueça disso.

detalhes do restaurante

3. Os meus funcionários têm de ser embaixadores da minha marca

  • Quando criou a sua equipa de trabalho, escolheu-a de acordo com a cultura e missão do seu restaurante.
  • Desta forma deverá ao longo do tempo reunir com os seus funcionários, para que os mesmos recordem a visão da empresa e a representem de acordo com a mensagem que quer passar.
  • Os seus funcionários têm o primeiro contacto com o cliente e vão transmitir as primeiras impressões, de como vai ser a experiência no seu restaurante.
  • Desta forma é fundamental, que eles conheçam o seu restaurante tão bem quanto você, para que possam conquistar e fidelizar os seus clientes.

4. Cada cliente faz parte do meu restaurante

  • Deverá tratar cada cliente como único e personalizar cada contacto com o mesmo, pois é uma ótima maneira tentar fidelizá-los.
  • Isto é, deverá cativar os seus clientes, aproximando-se deles de forma educada e não invasiva, bem como relembrar-se de clientes recorrentes, dando aos mesmos uma atenção ainda mais especial.

5. Devo oferecer algo simbólico sempre que possível

  • Seja um digestivo (ex: um copo de espumante, um licor da casa, etc.) ou um simples chocolate junto com a conta da refeição, esta ação vai ser recebida com bastante agrado pelo cliente, que se irá sentir ainda mais especial pela atenção.
  • Esta simples ação para com o cliente tem probabilidade de gerar o passa-palavra e a recomendação do seu espaço, a familiares e amigos – Publicidade “gratuita” com retorno do seu pequeno investimento (cálice de licor etc.)

6. Devo utilizar os meus produtos e acessórios, como meios de comunicação e publicidade do meu restaurante

  • Deverá aproveitar os seus menus, guardanapos, individuais de mesa, embalagens de produtos diferentes (ex: garrafas de água com embalagens diferentes, que chamem a atenção deverão ser colocadas em todas as mesas).
  • Bem como todos os veículos do seu restaurante deverão ser identificados como pertencentes ao seu negócio, pois é uma forma de ter publicidade durante 24h.

publicidade dentro do restaurante

7. As novidades do meu restaurante devem ser sempre divulgadas

  • As mudanças que for realizando no seu restaurante, ao nível do menu, da decoração/disposição do seu espaço, dos preços, bem como dos novos serviços, devem ser comunicadas aos seus clientes.
  • Os seus funcionários no primeiro contacto com os clientes podem informá-los das novidades, com facilidade e educação.
  • Avisos nos menus ou dentro do próprio restaurante, também funcionam muito bem.

menu de parede de restaurante

8. Devo festejar com a minha equipa, sempre que se atinja um objetivo

  • Reconhecer que a sua equipa é fundamental para o sucesso do seu restaurante, faz com que os seus funcionários representem o seu restaurante, como se fosse deles e se encontrem motivados com as suas funções.
  • Desta forma, sempre que um objetivo seja cumprido (ex: batizado, jantares de grupo, evento de gastronomia, aniversário da empresa ou funcionário etc.) é razão mais que suficiente, para comemorar e unir cada vez mais a sua equipa.
“Valorize os seus funcionários, para que eles o valorizem a si e ao seu negócio.”

Espero que estas 8 dicas, de como aproveitar o marketing para promover o seu restaurante, o(a) possam ajudar a crescer. Sugiro-lhe que me passe a seguir no Facebook e por este blog, para estar a par de todas as dicas que tenho para si e partilhe nas redes sociais este artigo, se achou interessante.

Obrigada.

Dina Ferreira Consultora de Marketing

Dina Ferreira – Consultora de Marketing para Pequenas e Médias Empresas

Próximo artigo sai dia 08/11 às 12h: Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte 1

Sabe qual é o potencial do Facebook?

PUBLICAÇÕES DE FOTOS E VIDEOS | CRIAÇÃO/PROMOÇÃO DE OFERTAS | VIDEOS EM TEMPO REAL | CRIAÇÃO/PROMOÇÃO DE EVENTOS

Experimente já durante 3 meses os meus serviços e presencie a evolução da sua marca online.

“Não basta convencer as pessoas a aderirem à nossa página em determinada rede social. É necessário criar uma relação com elas, mantê-las interessadas e felizes com a marca.”

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para restaurantes:

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para hotéis:

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para clínicas:

 

 

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para lojas de vestuário/empresas têxteis:

 

 

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para lojas de decoração:

 

 

 

Obtenha uma maior proximidade com os seus clientes atuais e futuros

 

Sem Título

Sou uma pequena ou média empresa devo apostar no marketing?

Para começar deverá investir na sua marca e no atendimento ao cliente, para aumentar as suas vendas e o lucro do seu negócio. De seguida deverá apostar em fortalecer ou implementar pela primeira vez o marketing na sua empresa. Se não sabe como, eu posso ajudá-lo(a).

Primeiro de tudo invista nas redes sociais

robertsmarketing-illustrationSe ainda não criou uma página da sua empresa na internet ou um perfil nas principais redes sociais (facebook, instagram, linkedin, twitter, etc.) é hora de tomar uma atitude. É cada vez mais habitual os consumidores comprarem e discutirem as marcas e produtos pelas redes sociais, pelo que as empresas que não apostarem nesta presença online estão claramente a perder novos consumidores. As redes sociais possibilitam que a empresa ouça os seus clientes e potenciais, encontrando pontos que deverá melhorar e mudanças que deverá realizar no seu negócio seguindo a procura do mercado, isto é, a voz de quem compra – os consumidores.

Segundo deverá construir uma marca forte

Mesmo que a sua marca não se torne famosa e conhecida pelo público em geral, é importante para uma pequena ou média empresa consolidar a sua marca no seu mercado potencial. Deste modo, os seus funcionários, colaboradores e clientes saberão exatamente qual é a imagem da sua empresa, e irão ajudá-lo(a) a divulgá-la. Para conseguir obter uma boa posição no mercado e construir uma identidade visual consolidada e padronizada, deverá investir na imagem da sua empresa através de apelativos cartões de visitas, folhetos e catálogos promocionais, presença em feiras do setor, etc. Não se esqueça a sua marca é a sua imagem.

Terceiro ofereça um bom atendimento aos seus clientesinbound-marketing.png

A impressão que um cliente tem da sua empresa antes, durante e após o contacto com a sua empresa é tão ou mais importante que o produto ou serviço que lhe é vendido. Seja em que fase for da venda, é indispensável ter um bom atendimento. A empresa tem de ser capaz de responder às solicitações e reclamações dos consumidores com agilidade e manter um canal direto entre eles e a empresa. A sua equipa tem de estar orientada e motivada, para dar respostas rápidas e claras às dúvidas que o cliente apresentar.
Com um atendimento bem definido e estruturado, fica muito mais fácil e simples receber sugestões de mudanças e melhorias por parte do cliente.

Quarto deverá calcular o retorno do marketing

Algumas métricas de marketing exigem relatórios elaborados e complexos. Outras, no entanto, podem ser percebidas rapidamente através do andamento do negócio. Antes de tomar uma decisão e passar à ação, deverá investigar quem é o seu público-alvo e qual é o efeito esperado, que a sua ação vai ter nesse público, isto é, irá comprar mais o produto A, B ou C, irá repetir a comprar A com mais frequência, etc.. Tenha um “mapa” estruturado que compare o objetivo da sua nova estratégia com o resultado alcançado, e compare também os números do período anterior para calcular o impacto do esforço da nova ação de divulgação da marca.

Quinto deverá criar um plano de marketing

O plano de marketing é tão ou mais importante quanto o plano de negócios. O primeiro passo é analisar os fatores externos e internos que podem influenciar o desempenho da empresa (Análise SWOT). Deverá entender como funciona o comportamento de compra dos seus clientes e conhecer bem os outros players no mercado (concorrência). Estes dados irão ajudá-lo a definir o posicionamento da sua empresa e traçar as estratégias, os objetivos e as metas de marketing, com base em dados reais. Qualquer plano de marketing que seja criado deverá sempre ter um cronograma, que indique o responsável para cada ação, bem como a altura que essa ação deverá ser executada.

Sexto mantenha-se sempre informado e estude o mercado1.png

O mercado está em constante mudança, a uma velocidade bastante elevada, pelo que o que hoje funcionou, amanhã pode já não funcionar, porque o consumidor evoluiu e prefere adquirir o mesmo produto/serviço através de outro meio, obtendo outro tipo de experiência. Deste modo, é fundamental estarmos sempre em alerta e adiantarmo-nos à concorrência para que sejamos vistos como inovadores e capazes de solucionar os problemas dos consumidores, mais rapidamente que as outras empresas.

Resumindo, deverá focar-se em:

  1. Procurar novas oportunidades de desenvolvimento de negócio, sejam produtos/serviços etc.
  2. Construir uma presença online ativa
  3. Fazer um plano de marketing prático e bem estruturado
  4. Consolidar a sua marca no mercado atual e potencial
  5. Vender benefícios aos clientes e não apenas produtos ou serviços
  6. Calcular o retorno das ações de marketing, face ao igual período do ano anterior

Todos estes pontos são fundamentais para o sucesso do seu negócio através da aplicação de ações de marketing.

Deixe-me ajudá-lo a encontrar novos clientes e a fidelizar os atuais, através de ferramentas, tais como: email marketing, campanhas de Google adwords, newsletters, plano de marketing, estudo de mercado, redes sociais, etc. estas ferramentas são essenciais para conquistar um crescimento sustentado e duradouro, orientado para o sucesso da sua empresa a longo prazo.