Sou uma pequena ou média empresa devo apostar no marketing?

Para começar deverá investir na sua marca e no atendimento ao cliente, para aumentar as suas vendas e o lucro do seu negócio. De seguida deverá apostar em fortalecer ou implementar pela primeira vez o marketing na sua empresa. Se não sabe como, eu posso ajudá-lo(a).

Primeiro de tudo invista nas redes sociais

robertsmarketing-illustrationSe ainda não criou uma página da sua empresa na internet ou um perfil nas principais redes sociais (facebook, instagram, linkedin, twitter, etc.) é hora de tomar uma atitude. É cada vez mais habitual os consumidores comprarem e discutirem as marcas e produtos pelas redes sociais, pelo que as empresas que não apostarem nesta presença online estão claramente a perder novos consumidores. As redes sociais possibilitam que a empresa ouça os seus clientes e potenciais, encontrando pontos que deverá melhorar e mudanças que deverá realizar no seu negócio seguindo a procura do mercado, isto é, a voz de quem compra – os consumidores.

Segundo deverá construir uma marca forte

Mesmo que a sua marca não se torne famosa e conhecida pelo público em geral, é importante para uma pequena ou média empresa consolidar a sua marca no seu mercado potencial. Deste modo, os seus funcionários, colaboradores e clientes saberão exatamente qual é a imagem da sua empresa, e irão ajudá-lo(a) a divulgá-la. Para conseguir obter uma boa posição no mercado e construir uma identidade visual consolidada e padronizada, deverá investir na imagem da sua empresa através de apelativos cartões de visitas, folhetos e catálogos promocionais, presença em feiras do setor, etc. Não se esqueça a sua marca é a sua imagem.

Terceiro ofereça um bom atendimento aos seus clientesinbound-marketing.png

A impressão que um cliente tem da sua empresa antes, durante e após o contacto com a sua empresa é tão ou mais importante que o produto ou serviço que lhe é vendido. Seja em que fase for da venda, é indispensável ter um bom atendimento. A empresa tem de ser capaz de responder às solicitações e reclamações dos consumidores com agilidade e manter um canal direto entre eles e a empresa. A sua equipa tem de estar orientada e motivada, para dar respostas rápidas e claras às dúvidas que o cliente apresentar.
Com um atendimento bem definido e estruturado, fica muito mais fácil e simples receber sugestões de mudanças e melhorias por parte do cliente.

Quarto deverá calcular o retorno do marketing

Algumas métricas de marketing exigem relatórios elaborados e complexos. Outras, no entanto, podem ser percebidas rapidamente através do andamento do negócio. Antes de tomar uma decisão e passar à ação, deverá investigar quem é o seu público-alvo e qual é o efeito esperado, que a sua ação vai ter nesse público, isto é, irá comprar mais o produto A, B ou C, irá repetir a comprar A com mais frequência, etc.. Tenha um “mapa” estruturado que compare o objetivo da sua nova estratégia com o resultado alcançado, e compare também os números do período anterior para calcular o impacto do esforço da nova ação de divulgação da marca.

Quinto deverá criar um plano de marketing

O plano de marketing é tão ou mais importante quanto o plano de negócios. O primeiro passo é analisar os fatores externos e internos que podem influenciar o desempenho da empresa (Análise SWOT). Deverá entender como funciona o comportamento de compra dos seus clientes e conhecer bem os outros players no mercado (concorrência). Estes dados irão ajudá-lo a definir o posicionamento da sua empresa e traçar as estratégias, os objetivos e as metas de marketing, com base em dados reais. Qualquer plano de marketing que seja criado deverá sempre ter um cronograma, que indique o responsável para cada ação, bem como a altura que essa ação deverá ser executada.

Sexto mantenha-se sempre informado e estude o mercado1.png

O mercado está em constante mudança, a uma velocidade bastante elevada, pelo que o que hoje funcionou, amanhã pode já não funcionar, porque o consumidor evoluiu e prefere adquirir o mesmo produto/serviço através de outro meio, obtendo outro tipo de experiência. Deste modo, é fundamental estarmos sempre em alerta e adiantarmo-nos à concorrência para que sejamos vistos como inovadores e capazes de solucionar os problemas dos consumidores, mais rapidamente que as outras empresas.

Resumindo, deverá focar-se em:

  1. Procurar novas oportunidades de desenvolvimento de negócio, sejam produtos/serviços etc.
  2. Construir uma presença online ativa
  3. Fazer um plano de marketing prático e bem estruturado
  4. Consolidar a sua marca no mercado atual e potencial
  5. Vender benefícios aos clientes e não apenas produtos ou serviços
  6. Calcular o retorno das ações de marketing, face ao igual período do ano anterior

Todos estes pontos são fundamentais para o sucesso do seu negócio através da aplicação de ações de marketing.

Deixe-me ajudá-lo a encontrar novos clientes e a fidelizar os atuais, através de ferramentas, tais como: email marketing, campanhas de Google adwords, newsletters, plano de marketing, estudo de mercado, redes sociais, etc. estas ferramentas são essenciais para conquistar um crescimento sustentado e duradouro, orientado para o sucesso da sua empresa a longo prazo.

Freelancer a evolução natural de um profissional de marketing digital!

hiring-freelancers

Com a evolução dos mercados e tecnologias o trabalho de um profissional de Marketing Digital está-se a tornar cada vez mais flexível. Isto é, as empresas estão a abdicar dos tradicionais funcionários fixos e a apostar cada vez mais em profissionais, em regime de freelancer, segundo a vice-presidente de estratégia de marketing digital da Mondo, Laura McGarrity.

Então de que está à espera?

Faça você também evoluir a sua empresa com a minha ajuda, deixe-me tratar do marketing da sua empresa e assim terá mais tempo para se focar nas restantes áreas do seu negócio.

Conheça aqui todos os serviços que o/a vão ajudar!

O que um Consultor de Marketing Digital fará na minha empresa?

12729339_1552603585051532_2758842510317505272_n

O Consultor de Marketing Digital é uma figura ainda pouco conhecida, porque vem preencher um espaço que está entre o cliente, fornecedores e as agências – sejam elas digitais ou não. O consultor irá atuar na empresa com o primeiro objetivo de diagnosticar a situação atual dessa organização.

É importante “tirar uma fotografia” da empresa, para então poder sugerir estratégias e ações pertinentes.

Vamos supor que a empresa procura alcançar maior audiência na sua página de fãs no Facebook. Esse é um objetivo muito comum, mas poucas empresas sabem como faze-lo, sem erros.

Cabe ao Consultor de Marketing Digital traçar objetivos coerentes com a realidade da empresa (com base no diagnóstico), definir estratégias de atuação, ações e indicadores de resultado.

O consultor não concorre com a agência de publicidade do cliente, já que atuam em completa parceria.

Ele vai entregar à empresa a informação organizada em relatórios e outros formatos. Isso ajudará também a agência na hora de criar o que o cliente precisa.

Em suma, o Consultor de Marketing Digital auxilia a empresa a alcançar seus objetivos na Internet.

Nota: Este Post foi adaptado do blog de Camila Renaux – Consultoria em Marketing Digital.

Se quiser saber mais sobre este e outros temas deixe o seu email e receba estes artigos diretamente no mesmo:

Consultoria de Marketing Digital para pequenas empresas

É muito comum um Consultor de Marketing ouvir comentários de empreendedores e proprietários de pequenas empresas, tais como: “A minha empresa é muito pequena, pode ajudar-me?” ou “Não tenho capacidade para pagar por um consultor, porque a minha empresa ainda é pequena”.

Este tipo de comentários causam-nos surpresa, pois sabemos que contar com a presença de alguém de fora da organização, com conhecimento de estratégias de mercado e aplicá-las não tem relação com a dimensão da empresa, mas sim com o desejo de alcançar um novo patamar, nível e posicionamento no mercado.

Este meu post tem como objetivo orientar os donos e gerentes de pequenas empresas, comércios locais, a entender como funciona um projeto de Consultoria de Marketing Digital em empresas de pequena dimensão e também como contratar um consultor.

Como saber se minha empresa precisa de um Consultor de Marketing Digital?

O simples fato de haver essa questão já é um indicador dessa necessidade.

Por se tratar de uma área bastante nova e em constante mudança, costuma ser difícil para os gestores, diretores e donos de pequenas empresas acompanharem e colocarem em prática as possíveis estratégias de Marketing Digital.

Todas as empresas vivem “na correria do dia-a-dia”, sejam grandes ou pequenas. A questão é que nas micro e pequenas empresas as lideranças acumulam funções, tendo que reunir múltiplas competências (Financeiro, RH, Compras, Comercial, etc.).

Na hora de falar em Marketing, costuma-se dar um jeito, sem muito planeamento, avaliando as ações conforme a necessidade. Até mesmo as agências de publicidade raramente prospetam os pequenos, atendendo-os apenas quando são procuradas.

Quando se fala em digital e web, é um pouco mais complicado, pois é necessário conhecimento técnico para fazer acontecer e qualquer erro está mais exposto. Caso a empresa decida fazer uma FanPage no Facebook, por exemplo, e cometa um erro grave nesta rede, pode ser alvo de críticas ou até mesmo de uma crise nas medias sociais.

As possibilidades de crescimento de uma empresa através da Internet é enorme, o que traz algumas perguntas à tona:

  1. Como estar na Internet e nas medias sociais?
  2. Quais os canais, redes sociais, plataformas e anúncios devo escolher?
  3. Como saber se a empresa está a ter sucesso, naquilo que se está a fazer na Internet?

Caso tenha respondido “não sei” nalguma delas, eu posso ajudá-lo(a) a encontrar essas respostas, deixe o seu email de seguida:




Nota: Este Post foi adaptado do blog de Camila Renaux – Consultoria em Marketing Digital.