googleads

Como atingir 230 cliques em apenas 17 dias no Google Ads, com orçamento reduzido?

São muitos os fatores que nos levam a diferentes resultados bons e maus, mas devemos focar-nos em melhorar constantemente os indicadores que vamos obtendo.

Por exemplo nesta campanha que apresento de seguida:

resultados google ads

Analisando os dados da tabela temos um ótimo CTR (taxa de cliques): 9.13% o que significa que a campanha tem interesse por parte do público-alvo, quando é exibida.

O orçamento diário desta campanha é de 30€, fazendo as contas verificamos que em 17 dias x 30€ obteríamos um gasto de 510€, mas como podem verificar este cliente até ao momento tem apenas um gasto de 436€ uma diferença de 74€ (POUPANÇA) e continua a ter ótimos resultados: CTR: 9.13%.

Podemos ainda acrescentar que o CPC tem vindo a diminuir ao longo do tempo e encontra-se atualmente nos 1.88€. Sabemos que o ideal é ir diminuindo este CPC ao máximo, mas também temos de ter em conta que estamos a competir por um lugar no topo da pesquisa do Google contra os nossos concorrentes e que se eles estiverem dispostos a pagar mais por 1 clique nós temos de tentar ser competitivos e alcançar também esse topo, com conteúdo relevante e ofertas concorrenciais.

Quando criamos uma campanha devemos ter em atenção a quantidade de grupos de anúncios necessários, as palavras-chaves que mais atraem cliques e quais as suas melhores correspondências: ampla, de expressão, exata, negativa.

  • Devemos ainda focar-nos nos públicos-alvo que pretendemos atingir com a campanha, os dados demográficos, a localização do nosso público (regional, nacional, internacional), as páginas de destino (landing pages) que vamos criar para a campanha e seus grupos de anúncios.
  • É fundamental que o potencial cliente seja reencaminhado para a página correspondente ao anúncio para que haja uma maior probabilidade de ele se converter num lead e posteriormente num cliente.
  • A programação dos anúncios deve ser ajustada após as primeiras semanas da campanha ativa, pois será nessa altura que conseguimos começar a verificar as tendências do nosso público-alvo, isto é, em que horários é que o mesmo está mais ativo e visualiza/clica na nossa campanha.
Em termos de dispositivos que irão receber a nossa campanha temos 3 possibilidades: tablets, computadores e telemóveis.

Devemos após algumas semanas também analisar os dados apurados e verificar qual o dispositivo que mais atrai cliques/conversões e aumentar os lances para esses mesmos dispositivos quando acharmos necessário.

É importante que as landing pages da campanha estejam adaptadas a estes 3 dispositivos, para que haja uma maior conversão, caso contrário perdemos rapidamente o potencial cliente, pois não consegue navegar na mesma.

Podemos ainda verificar as informações dos leilões (quota de impressão, taxa no topo da página etc.) para percebermos se estamos à frente ou atrás dos nossos concorrentes, que têm campanhas semelhantes ativas.

  • Podemos analisar um número infindável de relatórios da campanha, para analisarmos todos os dados da mesma: relatório de chamadas, mensagens, extensões de sitelinks, fragmentos estruturados, promoções etc. são inúmeros os dados que são apurados e que devem ser analisados, para uma melhor tomada de decisão.
Se surgiram dúvidas neste artigo ou se pretende criar a sua primeira campanha no Google Ads, contacte-me agora pelo seguinte formulário:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s