restaurante

Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte 1

Sabia que cerca de 88% das pessoas são influenciadas pelas opiniões e comentários que existem online? Apresentar uma estratégia digital é importantíssimo, para o seu restaurante ou bar.

 

  1. Acha que pode não estar nas redes sociais?

Sabia que mais de 75% das pessoas que compram produtos, primeiro visitam as redes sociais, para pesquisar sobre esse produto? Dessas 75% cerca de 60,7% pessoas precisam ver pelo menos uma publicação da empresa, 2 a 4 vezes antes de fazer uma compra.

Se não estivermos ativos nas redes sociais, estamos a perder inúmeras oportunidades de alargar a nossa base de clientes, e consequentemente aumentar as nossas vendas.

 Pratos de refeição

  1. Deve completar ao máximo, os seus perfis das redes sociais

Informações tais como: localização, horário e contacto são fundamentais, para que possa começar a ter um bom retorno através das redes sociais. Pois imagine que o cliente fica interessado em visitá-lo, estas informações são essenciais, para que o consiga efetivamente fazer. Se tiver várias localizações também deve informá-las através das redes sociais, pois deixará ao critério do cliente a sua visita, na localização mais próxima do mesmo.

Se tiver um logótipo oficial, este deverá aparecer na fotografia de perfil, para que o mesmo seja facilmente identificado, pelos clientes atuais e potenciais.

As fotos de capa devem conter uma fotografia ou vídeo, que ilustre facilmente a especialidade do seu restaurante/bar. Desta forma, já está a comunicar ao cliente uma das suas mais-valias em visitá-lo.

Algumas páginas de Facebook já permitem colocar, os horários de maior movimento do seu bar/restaurante. Deste modo, permite que escolham o horário que melhor se enquadra com o ambiente que querem encontrar (muito ou pouco movimento).

No caso dos bares facilmente prevemos que as pessoas irão visitar o mesmo, nas horas de maior movimento para encontrar amigos e colegas.

Já no caso dos restaurantes, para não terem de aguardar pelo serviço que poderá estar mais demorado, nas horas de maior movimento, claramente as pessoas que não têm tempo ou paciência para esperar, optarão por visitá-los nas horas de menor movimento.

publicação de restaurante

Existem muitas outras opções disponíveis nas páginas do Facebook que devem ser claramente aproveitadas, por exemplo:

  1. Deverão adicionar um botão Reserve agora, caso aceitem reservas.
  2. Publicar o vosso menu diariamente, com criatividade e originalidade.
  3. Incluir o tipo de gastronomia, que caracteriza o vosso restaurante.
  4. Adicionar serviços que caracterizem o vosso espaço, tais como: “Ótimo para crianças” “Ótimo para grupos” e “Refeição rápida”.
  5. Permitir avaliações/críticas e nunca se esquecer de respondê-las, quer sejam positivas quer negativas, convidando o cliente para uma nova visita, para que possam ter uma oportunidade de alterar essa má experiência, por exemplo.

Se precisar de ajuda com a sua página de Facebook, contacte-me já, começamos já hoje a fazer as suas melhorias.

Espero que este artigo o(a) tenha ajudado, quanto à importância de estar presente nas redes sociais, mais concretamente no Facebook. Sugiro-lhe que me passe a seguir no Facebook para estar a par de todas as dicas que tenho para si e partilhe nas redes sociais este artigo, se achou interessante.

Obrigada.

Dina Ferreira Consultora de Marketing

Dina Ferreira – Consultora de Marketing para Pequenas e Médias Empresas

Próximo artigo sai dia 15/11 às 13h: Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte 2

8 Dicas de marketing para aplicar já hoje, no meu restaurante

8 Dicas de marketing para aplicar já hoje, no meu restaurante

1. Devo utilizar as diferenças do meu restaurante, na divulgação do mesmo (decoração, público-alvo, gastronomia de nicho: alimentos biológicos, vegan, sem glúten, sem lactose, etc.)

  • Para conseguir este diferencial é necessário que identifique, quais os pontos-chave que o seu restaurante apresenta, face aos da concorrência.
  • Não escolha características genéricas, tais como: “atendimento cuidado”, “qualidade dos pratos confecionados”, pois essas características são as obrigações, que o seu restaurante tem para com o cliente.
  • Deverá escolher características, que identifiquem o seu restaurante facilmente como um local único, onde a experiência é distinta dos demais restaurantes.

 

2. Os detalhes do meu restaurante devem fazer a diferença

  • Deve ter uma lista de aspetos referentes ao seu restaurante, tais como: os produtos, os serviços, os preços, o merchandising, as instalações e os equipamentos, que deverão estar sempre organizados e corretamente interligados entre si. Só assim poderá aproveitar todas as oportunidades de marketing, que o seu restaurante lhe apresenta, para divulgar a sua marca.
  • Os detalhes fazem a diferença no seu negócio, não se esqueça disso.

detalhes do restaurante

3. Os meus funcionários têm de ser embaixadores da minha marca

  • Quando criou a sua equipa de trabalho, escolheu-a de acordo com a cultura e missão do seu restaurante.
  • Desta forma deverá ao longo do tempo reunir com os seus funcionários, para que os mesmos recordem a visão da empresa e a representem de acordo com a mensagem que quer passar.
  • Os seus funcionários têm o primeiro contacto com o cliente e vão transmitir as primeiras impressões, de como vai ser a experiência no seu restaurante.
  • Desta forma é fundamental, que eles conheçam o seu restaurante tão bem quanto você, para que possam conquistar e fidelizar os seus clientes.

4. Cada cliente faz parte do meu restaurante

  • Deverá tratar cada cliente como único e personalizar cada contacto com o mesmo, pois é uma ótima maneira tentar fidelizá-los.
  • Isto é, deverá cativar os seus clientes, aproximando-se deles de forma educada e não invasiva, bem como relembrar-se de clientes recorrentes, dando aos mesmos uma atenção ainda mais especial.

5. Devo oferecer algo simbólico sempre que possível

  • Seja um digestivo (ex: um copo de espumante, um licor da casa, etc.) ou um simples chocolate junto com a conta da refeição, esta ação vai ser recebida com bastante agrado pelo cliente, que se irá sentir ainda mais especial pela atenção.
  • Esta simples ação para com o cliente tem probabilidade de gerar o passa-palavra e a recomendação do seu espaço, a familiares e amigos – Publicidade “gratuita” com retorno do seu pequeno investimento (cálice de licor etc.)

6. Devo utilizar os meus produtos e acessórios, como meios de comunicação e publicidade do meu restaurante

  • Deverá aproveitar os seus menus, guardanapos, individuais de mesa, embalagens de produtos diferentes (ex: garrafas de água com embalagens diferentes, que chamem a atenção deverão ser colocadas em todas as mesas).
  • Bem como todos os veículos do seu restaurante deverão ser identificados como pertencentes ao seu negócio, pois é uma forma de ter publicidade durante 24h.

publicidade dentro do restaurante

7. As novidades do meu restaurante devem ser sempre divulgadas

  • As mudanças que for realizando no seu restaurante, ao nível do menu, da decoração/disposição do seu espaço, dos preços, bem como dos novos serviços, devem ser comunicadas aos seus clientes.
  • Os seus funcionários no primeiro contacto com os clientes podem informá-los das novidades, com facilidade e educação.
  • Avisos nos menus ou dentro do próprio restaurante, também funcionam muito bem.

menu de parede de restaurante

8. Devo festejar com a minha equipa, sempre que se atinja um objetivo

  • Reconhecer que a sua equipa é fundamental para o sucesso do seu restaurante, faz com que os seus funcionários representem o seu restaurante, como se fosse deles e se encontrem motivados com as suas funções.
  • Desta forma, sempre que um objetivo seja cumprido (ex: batizado, jantares de grupo, evento de gastronomia, aniversário da empresa ou funcionário etc.) é razão mais que suficiente, para comemorar e unir cada vez mais a sua equipa.
“Valorize os seus funcionários, para que eles o valorizem a si e ao seu negócio.”

Espero que estas 8 dicas, de como aproveitar o marketing para promover o seu restaurante, o(a) possam ajudar a crescer. Sugiro-lhe que me passe a seguir no Facebook e por este blog, para estar a par de todas as dicas que tenho para si e partilhe nas redes sociais este artigo, se achou interessante.

Obrigada.

Dina Ferreira Consultora de Marketing

Dina Ferreira – Consultora de Marketing para Pequenas e Médias Empresas

Próximo artigo sai dia 08/11 às 12h: Dicas gratuitas – Como estar nas redes sociais, com o meu restaurante/bar? – Parte 1

Fotografia a prato de restaurante, para o Facebook

Tenho um restaurante devo utilizar o Facebook?

Última hora: Já se pode encomendar comida via Facebook, nos EUA!

Logo a resposta à pergunta inicial é: claro que deve utilizar o Facebook para promover o seu restaurante através de fotografias, vídeos e comentários com os seus clientes e potenciais clientes.

Voltando à questão da encomenda online de comida, para já esta funcionalidade está apenas presente, nos EUA, mas muito em breve chegará ao mercado europeu.

Já imaginou um cliente que está a visitar as suas fotografias e vídeos no Facebook e de repente, um dos seus pratos lhe desperta uma imensa vontade de provar as suas iguarias. Até agora o que ele pode fazer é verificar a vossa morada e deslocar-se ao vosso espaço, assim que o mesmo esteja aberto.

Muito em breve apenas terá de carregar no botão que atualmente se chama “Order Food” e que em português provavelmente será “Encomendar”, preencher o formulário e esperar que a sua comida lhe chegue ao local onde se encontra (casa, trabalho, rua) ou ele próprio passe no seu restaurante e levante a mesma em modo take-away. Veja aqui como já se faz, nos EUA.

Já viu as imensas possibilidades, que esta rede social lhe dá?

Você quando leu isto pensou logo: “isso é para os grandes restaurantes, com veículos e equipas de entrega ao domicílio e eu não tenho esses recursos disponíveis”, certo?

  • Pois bem como viu também existe a possibilidade de o cliente ir buscar ao seu espaço, como um take-away, ou seja, irá aumentar potencialmente o seu volume de negócios, sem ser necessário qualquer investimento da sua parte, em recursos humanos e veículos.
  • O objectivo do Facebook é facilitar a vida aos consumidores e aos restaurantes, pois desta forma não necessita de ter um site com funcionalidades que possibilitem a encomenda online de comida, o que seria mais um investimento a suportar por si.

Para concluir: Sabia que atualmente as pessoas já vão ao Facebook para descobrir o que querem comer, e leem sobre os restaurantes que existem nas suas imediações e o que os seus amigos dizem sobre eles. Se não sabia, está na altura de ver como está a sua página do Facebook.

“Não basta convencer as pessoas a aderirem à nossa página em determinada rede social. É necessário criar uma relação com elas, mantê-las interessadas e felizes com a marca.”

Espero que este artigo o(a) tenha ajudado, quanto à importância de estar presente no Facebook. Sugiro-lhe que me passe a seguir no Facebook e por este blog, para estar a par de todas as dicas que tenho para si e partilhe nas redes sociais este artigo, se achou interessante.

Obrigada.

Dina Ferreira Consultora de Marketing

Dina Ferreira – Consultora de Marketing para Pequenas e Médias Empresas

Sabe qual é o potencial do Facebook?

PUBLICAÇÕES DE FOTOS E VIDEOS | CRIAÇÃO/PROMOÇÃO DE OFERTAS | VIDEOS EM TEMPO REAL | CRIAÇÃO/PROMOÇÃO DE EVENTOS

Experimente já durante 3 meses os meus serviços e presencie a evolução da sua marca online.

“Não basta convencer as pessoas a aderirem à nossa página em determinada rede social. É necessário criar uma relação com elas, mantê-las interessadas e felizes com a marca.”

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para restaurantes:

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para hotéis:

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para clínicas:

 

 

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para lojas de vestuário/empresas têxteis:

 

 

 

  • Potencial dos conteúdos de Facebook para lojas de decoração:

 

 

 

Obtenha uma maior proximidade com os seus clientes atuais e futuros

 

Sem Título
Criação de Landing Page

Tudo sobre as tendências das landing pages em 2017

As landing pages ou em português “páginas de destino” são uma ferramenta fundamental para qualquer estratégia de marketing.

É através das landing pages que se realizam as conversões, isto é, os prospetos passam a leads ou os leads tornam-se utilizadores do nosso produtos/serviço. Saiba mais em Resultados Digitais, eles são peritos neste tema.

Após a criação de uma landing page devem ser realizadas constantes melhorias na mesma, pois são essas melhorias, que irão gerar consequentemente resultados empresariais mais significativos e tangíveis.

Principais tendências das landing pages:

  • As landing pages têm cada vez mais conteúdo – uma média de mais de 2.000 palavras.
  • As páginas de inscrição na newsletter, formação, curso online, evento etc. mantiveram-se curtas e objetivas – uma média de 1.500 palavras.
  • Grande percentagem das landing pages são hospedadas em subdomínios.
  • Ainda são poucas as empresas que utilizam landing pages com vídeos, mas a maioria das que utiliza incorpora os seus vídeos no YouTube.
  • A maioria das empresas utiliza cores neutras nas suas landing pages, principalmente a cor preta ou cinza. Apenas uma percetagem muito pequena se arrisca a utilizar o vermelho.
  • A maioria das landing pages permanece estática ao longo do ano, apenas uma percentagem muito pequena redesenha as suas landing pages.

 

Tendências do conteúdo das landing pages

  1. A média de palavras das landing pages é de cerca de 2.106 palavras.
  2. As landing pages com melhor desempenho têm entre 1.000 a 2000 palavras
  3. As landing pages de inscrição tendem a ser mais curtas, com uma média de 1.500 palavras.
    1. Contudo existem muitas landing pages que também apresentam um ótimo desempenho em termos de inscrições e apresentam menos de 500 palavras, tudo depende do conteúdo que queremos transmitir e do público-alvo que vai receber a informação. Por exemplo: a inscrição numa newsletter necessita de menos informação do que a inscrição num curso, onde normalmente se coloca uma breve apresentação do mesmo, com alguns tópicos e nome do formador etc. tudo depende do propósito da inscrição.
  4. Cada vez mais as empresas estão a utilizar a multimídia nos seus sites, mas ainda é uma percentagem muito pequena, as que utilizam os vídeo nas suas landing pages.
  5. A plataforma de vídeo mais popular utilizada nas landing pages é o YouTube, mas a Wistia e o Vimeo aparecem logo a seguir.

 

Tendências de estrutura das landing pages

  1. Devido à multiplicação a que temos assistido das ferramentas de automação e conversão de marketing, muitas empresas estão a lançar as suas landing pages, num subdomínio separado do resto do site.
  2. Grande percentagem das landing pages estão num subdomínio e os resultados é que os sites mais bem-sucedidos são de facto, os que optam por essa solução.
  3. No caso das landing pages de inscrição, estas são menos propensas a estar num subdomínio, segundo as tendências verificadas.

 

Tendências de design das landing pages

  1. A cor azul é a cor favorita das landing pages, seguida de outras cores neutras.
  2. As landing pages apresentam um melhor desempenho, se apresentarem cores neutras, tais como tons de azul como cor principal. Já a cor menos popular é o vermelho, pois ainda são poucas as empresas que arriscam utilizar esta cor, tão forte nas suas landing pages.
  3. As landing pages recém-lançadas são mais propensas a obter uma atualização do design, do que as que foram criadas há mais de um ano.

 

Se precisar de ajuda para criar a sua próxima landing page, contacte-me sem qualquer compromisso.

 

Saiba mais em Landing Page – Preço.

como elaborar um plano de marketing

Sabia que é através do plano de marketing que definimos as ações estratégicas que vamos desenvolver, num determinado espaço de tempo, com base no budget disponível?

Trata-se de um plano para atingirmos os nossos objetivos, sejam eles aumentar os nossos clientes, fidelizar os clientes atuais, lançar novos produtos/serviços, expandirmos o negócios além fronteiras ou simplesmente para outras regiões do território nacional, etc.

Todos estes objetivos devem ser definidos com base na linha estratégica, que a sua empresa quer adotar.

  • Não sabe bem qual é a melhor estratégia a adotar?
  • Precisa de ajuda para implementar a sua estratégia digital?
  • Sabe que as redes sociais são importantes para a promoção da sua empresa, mas não se sabe comunicar nelas?
  • Tem um website mas que está desatualizado ou não está a ser devidamente potencializado?

Se se enquadra numa ou em várias destas questões é porque está no momento de avançar para uma estratégia digital e eu posso ajudá-lo(a).

Inicialmente através da criação de um plano de marketing estratégico iremos analisar a sua empresa através de um analise externa e interna, bem como de uma análise SWOT, que lhe irá permitir conhecer melhor os pontos fortes e fracos da sua empresa, quais as oportunidades e ameaças que o mercado lhe apresenta e partindo desta análise iremos conseguir entender melhor o posicionamento da sua empresa e quais os passos que deveremos dar de seguida para definirmos as estratégias de marketing mix e marketing digital que deveremos adotar com base no budget (orçamento) definido.

Saiba mais aqui!